À FLOR DA PELE NASCE A POESIA

DOAR AMOR EM SEMENTES

Textos





CAPIM DOURADO! POESIA FLAVESCENTE


Germinou no campo
dourado por natureza
ouro Cerrado do Jalapão
brilho do Tocantins

Falo do Capim Dourado
lume das mãos artesãs
colheita de setembro a novembro
poesia flavescente que brota da terra


Ao amanhecer fundem-se
o dourado do céu com o ouro vivo
imagem absurdamente linda faz-me pensar 
que gotículas de raios de sol pode-se tocar



 
Rita Macedo
Enviado por Rita Macedo em 19/05/2016
Alterado em 20/05/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras