A VIDA EM POESIA

DOAR AMOR EM SEMENTES

Textos





OUTONO TRAZ TANTAS MUDANÇAS
VÃO FOLHAS SECAS NOS VENDAVAIS
OS PÁSSAROS FAZEM UMA FESTANÇA
HÁ NINHOS NAS PRAÇAS E QUINTAIS

AS ÁRVORES CALMAMENTE REVESTEM-SE
COM UM VERDE DESLUBRANTE
FORMIGAS EM ASAS, PRIMEIRAS CHUVAS
RELÂMPAGOS BRILHAM NO HORIZONTE

AGORA! A POESIA SURGIU
NOS TONS DO FIM DE TARDE
SOB O PIAR PAUSADO DO BEIJA-FLOR
E DO CANTO DA CIGARRA DO CERRADO

O POETA VERSEJA EM SEU SILÊNCIO
ENTREGA-SE DOCEMENTE AOS SENTIMENTOS
A NATUREZA SEMPRE SURPREENDE
PRESENTEANDO COM BELOS MOMENTOS





 
Rita Macedo
Enviado por Rita Macedo em 07/10/2017
Alterado em 07/10/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras