À FLOR DA PELE NASCE A POESIA

DOAR AMOR EM SEMENTES

Textos


AH, MÃE!!!

AH, MÃE! SINTO FALTA DO TEU COLINHO
CHEIRO COM CAFUNÉ, MIMOS E DENGUINHO
DOS TEUS QUITUTES COM AROMAS DE CARINHO
MÃOS TÃO DELICADAS, O TEU JEITINHO

UM IMENSO SORRISO ECOANDO POESIAS AOS VENTOS
TUAS FALAS ESPONTÂNEAS RECITANDO SENTIMENTOS
ATÉ O TEU SILÊNCIO, HOJE ENTENDO, TUDO ENSINOU
BENÇÃOS TRANSBORDANDO O PURO AMOR...

AH, MÃE! CORTA O AR E EU SUSPIRO A FALTA TUA
UMA LEOA PROTETORA, CUIDADOS E DOÇURA
QUERO AGORA VOAR E EM NOSSO NINHO POUSAR
SÃO LEMBRANÇAS QUE O TEMPO JAMAIS APAGARÁ

SIM! CUIDAVAS DAS FLORES DO NOSSO QUINTAL
E NA TUA PURA FÉ TECIA LINDAS ÁRVORES DE NATAL
VIVENCIO O PASSADO PARA PODER ESTÁ A TEU LADO
TÁ DOENDO NO MEU PEITO, MÃE!!! CADÊ O TEU AFAGO?

Rita Macedo
Enviado por Rita Macedo em 11/05/2019
Alterado em 12/05/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras